Conheça o artista Fhero e seus Graffitis

Seu trabalho é marcado por poucas cores, traços fortes e ideológicos sempre prezando o povo brasileiro e sua cultura

Conheça o artista Fernando conhecido como Fhero, teve seu primeiro contato com o graffiti em 1997 onde vivia em São Paulo, desde então Fernando veio desenvolvendo seus trabalhos em sua cidade e em muito outras estados brasileiro participando de eventos, exposições solos e coletivas dentro do graffiti nacional e internacional com um trabalho marcado por uma alta qualidade, poucas cores, traços fortes e ideológicos sempre prezando o povo brasileiro e sua cultura.

Hoje vivendo em Belo Horizonte, usa a cidade como plataforma de trabalho e criação visando a dissipação da cultura brasileira e o bem estar publico.

Veja nossa entrevista com Fhero :


1 – Todo mundo que acompanha seu trabalho deve ter a curiosidade de como surgiu seu interesse pela arte, você pode contar pra gente ?

Gosto de desenhar desde bem pequeno ! E isso me ajudou muito no desenvolvimento de todo o processo. Meu primeiro contato com Graffiti foi em 97 com alguns amigos . Desde então não fiz outra coisa.

2 – Quem ou quais circunstâncias te levaram a investir na arte como uma carreira a ser seguida ?

Eu acho que foi o próprio envolvimento. A cada dia que eu ia descobrindo uma técnica nova, a cada role, a cada amizade nova que consequentemente você já conhecia outro lugar da cidade, tudo isso foi me envolvendo de um modo que quando vi, não tinha e nem queria mais voltar. Nessa trajetória muitas pessoas me incentivou mesmo sem saber, com uma letra bem feita, com um mural, uma tag, um personagens, enfim ! Todo esse universo foi o que me levou a seguir ate hoje.

3 – Quais foram os maiores desafios e dificuldades como artista ?

Tive varias dificuldades ! muitas mesmo, pessoais, financeiros, familiares, sociais e etc. Como todo mundo tem ! e tudo isso foi difícil mais nunca pensei em desistir. Encarei cada dificuldade como um desafio ! e cada desafio, trazia uma dificuldade que depois se transformava em uma grande alegria ! um sentimento de batalha ganha. Creio que essas  barreiras transpostas foi não so para min ! mais para todos que comigo andava e tinha os mesmos problemas ! a galera que eu tive o grande prazer de conviver, sempre teve essa linha de pensamento, de ajudar uns aos outros ! e isso foi mundo bom para que eu pudesse ir para a rua pintar e outra-passar todos esses pontos negativos.

4 – Como foi a definição do estilo que você gostaria de trabalhar ?

E difícil falar sobre um estilo definido ! não vejo nada disso no que faço. Sempre estou em construção nesses pontos ! não me vejo fazendo a mesma coisa para sempre ! sou muito inquieto artisticamente, sempre quero fazer outras coisas, agregar isso com aquilo e etc . No meu trabalho so tem um ponto que é fixo ! que é sempre levar algo bom, algo construtivo para as pessoas, tenho muita responsabilidade com isso no que faço. Mais no estilo mesmo eu não tenho muito propriedade para falar por que acho que meu trabalho sempre esta em construção, nunca pronto.

5 – De onde vem seu sopro de inspiração ?

Minhas inspirações ultimamente vem dos erros, das técnicas onde procuramos muito mais o conjunto do que qualquer coisa ! gosto muito de escorridos, de traços que parece ser mal feito, mais no conjunto fica foda ! todo isso é muito inspirador para min . Claro que temos nossas inspirações do cotidiano, das ofensas causa por todos essas acontecimentos zuado que as vezes a gente nem acredita.

6 – Quais artistas do cenário atual você admira ?

Tem muitos ! alguns muito mais pelas atitude, outros por um contexto geral, outros pela representatividade no cenário enfim ! cada um, a partir de seus pontos de vista e ate de seus valores pessoais vão definir isso, mais eu admiro os caras da minha crew, por no meio de tantas à divergências, se manter ! assim como Graphis, Tinho, Binho , Ets, Costela, e etc, velha e nova escola juntos . Admiro muito esses caras que levou e leva a cena para frente.

7 – O que você ainda sonha em realizar com a sua arte ?

Ultimamente tenho pensado mas nos meus sonhos e se realmente quero chegar la ! a fase dos 30 pegou pesado na minha mente (risos)…Acho que quero o que todo mundo quer, ser feliz e pintar ! com a cabeça livre de sentimentos irreversíveis, preciso ter a mente limpa para continuar com tudo que me proponho a fazer, ate para ser verdadeiro. Ser grafiteiro, pintar com a liberdade que temos já é um sonho, então é isso.

8 – Quais foram as coisas boas, que a sua arte te trouxe ?

Liberdade mental eu acho que foi a melhor ! Saber que ali eu realmente sou livre, dentro do que faço. Mas hoje tenho pessoas na minha vida que são partes soltas de mim andando por ai (risos) minha esposa por exemplo, que é uma grande amiga e companheira . Amigos que são irmão de sangue mesmo. Tem muito mais, so que essas são as mais importantes.

9 – Se você não fosse artista, qual séria o plano b ?

Nem imagino ! (risos) Essa é uma pergunta complicada, mais eu acho que seria bem chato ! Não tenho plano B , se eu não conseguir por exemplo o que almejo como plano para o futuro, so não vou ser um cara frustrado ! Mais ai vai ter outras ideias e é vida que segue.

10 – Alguns artistas curtem ouvir músicas durante o processo criativo, com você funciona da mesma forma ? E na sua playlist o que não pode faltar ?

Fui criado GRAÇAS A DEUS no meio da favela, onde em 20 ou 30 metros você tinha forró, samba, reggae, rap, sertanejo, rock…então aprendi gostar de tudo um pouco, de verdade ! Mais gosto muito de rap, claro,  samba e reggae, são minhas preferidas.

11 – Deixe uma mensagem para os nossos leitores.

Siga o caminho que seus corações mandar, mais com o coração e a mente limpa, sem mágoas, sem rancor, duvidas, culpa, e etc . As palavras tem o poder de construir e de desconstruir, é igual a uma arma de fogo, tem o mesmo poder, so que as palavras mata outra parte do corpo. Estamos sempre ligado, a palavra ligada a atitude, a atitude ligada a suas pinturas e por ai vai ! RESPONSABILIDADE .

Graffiti embora seja descontraído é muito serio ! Se liga , se não for para construir, nem começa. E que assim seja em qualquer área da vida ! No mais desejo muita sabedoria para todos e muito obrigado por esse tempo dedicado a essa troca de ideia . Agradeço de coração.


Mais informações sobre Fhero :
Facebook : Fhero
Instagram : @fhero_pdfcrew

Veja outros graffitis de Fhero

Categorias
Murais
.

Relacionados por