Conheça o artista “Amazon” e seus graffitis

Seus grafites vem da essência da Amazônia

Arab Amazon iniciou seus primeiros rabiscos nas ruas em 89, de la pra ca vem buscando um caminho com muita luta e superação, totalmente autodidata, buscou referência em suas origens na cultura marajoara pra compor seu estilo atual, oriundo de Belém e hoje residindo em Manaus desde 94, Amazon foi uns dos precursores do graffiti amazônico e vem desenvolvendo sempre em constante evolução, com peças geométricas e ícones da fauna e flora amazônica, Amazon vem aliando estilo, conceito e técnicas, se ver em seus trabalhos muita dedicação.

Amazon - amazonia graffiti

Amazon : “busco uma identidade visual, além de um conceito sobre a Amazônia que e onde resido e que de alguma forma e uma importante área do planeta que merece muita atenção, onde geralmente as pessoas imaginam que seja só mato e índios e agora vão se surpreender com a explosiva cena do graffiti que aqui se originou, algo totalmente urbano no meio da floresta, no qual eu chamo de Amazônia urbana”.

Amazon - urbana

Veja a entrevista que fizemos a Amazon :


1 – Como surgiu seu interesse pela arte ?

Foi aos  8 anos quando achei um corante e fiz um pincel com capim, tentei pintar a praia onde morava, mas so aos 14 anos que esse sentimento tomou força através da pixação .

2 – O que te influenciou a ser um artista, a grafitar ?

Minhas influências foram escritores da cena da pixação que predominavam no final dos anos 80 e inicio dos anos 90, caras que eu admirava vendo seus rabiscos na cidade como Pank, Treme, Aipi, Demy, Cifo, Bob, Loucão, toda uma geração de escritores que dominavam o cenário da cidade onde nasci, Belém do Pará, Norte do Brasil, agora quando vi a revista “Fiz Graffiti” eu parti pra uma fase mais técnica e com influência da Cultura hip hip.

Amazon - gallery art

3 – Como foi o inicio e quais às barreiras que você enfrentou ?

Meu início foi como da maioria, oriundo da pixação, depois de algumas informações a coisa foi ganhando forma e deu se inicio a uma fase mais responsa, e sobre barreiras…até hoje existem muitas barreiras, ser grafiteiro no Brasil e coisa de louco, mas a rua nos ensina que sem barreiras não há vitória, são ossos do oficio.

4 – Quando consolidou seu estilo ?

Não sei bem, as vezes penso que cheguei a um ponto e quando vejo me surpreendo com novas ideias que vão surgindo, mas eu percebo que de uns 3 anos pra ca, a coisa vem ganhando um conceito mais complexo e também muito técnico, talvez isso seja resultado desse vicio de respirar graffiti todos os dias e observar muitas coisas no mundo da arte e da natureza em si.

Amazon - amazonia urbana

5 – De onde buscou referências para seu estilo e que te inspira nas suas criações ?

Antes eu pintava 3d tradicional com cores e tal, mas então eu admirava alguns artistas que conseguiam se expressar com poucas cores e também vi que muitos artistas do Brasil estavam buscando referência na cultura brasileira, então em 2009 eu passei por muitas situações complicadas e resolvi encarar uma nova proposta e fui buscar na cultura marajoara algo pra dentro do graffiti, era uma coisa mais vetorizadas, com grafismos e ícones de animais tradicionais amazônicos, pintei por um tempo assim e curti bastante, mas com o passar do tempo eu sentia falta de explorar os conhecimentos que eu tinha de luz e sombra e comecei a inserir algumas peças em volume e sombra nas composições vetorizadas e isso foi tomando forma que se encontra hoje, antes tinha um conceito mais regional, mas hoje eu vejo como uma coisa mais universal, apesar que a essência e totalmente amazônica.

6 – Qual é sua combinação de cores predileta ?

Minhas combinações são as paletas de cinza, mas quebro isso as vezes pra fugir da rotina, tento me libertar de regras, e isso te dar até mais liberdade pra aprender que estilo e importante, mas não pode te impedir de aprender e pintar outras coisas.

Amazon - colunas graffiti

7 – Quais são seus artistas prediletos ? 

Olha, posso te dizer que gosto de Speto a Daim, são  muitos artistas que gosto, tanto da old school como da new school, tanto do artístico como do vândalos do bomb e da pixação, eu sou um louco por essa cultura, só falo nisso, penso nisso. Sou um alienado com prazer pelo graffiti.

8 – Quais foram as coisas boas, que a sua arte te trouxe ?

Acho que a parte bacana e conhecer lugares, pessoas e ter uma história através do graffiti, seria quase impossível ter saído de algum lugar se não fosse pelo graffiti, fico feliz de ver meu filho tendo coisas que eu não tive e ter o prazer de ser digno como homem honesto.

Amazon - amazonia arte urbana

9 – O que ainda não fez artisticamente e gostaria de fazer ?

Eu ainda não fiz uma expor solo, mas futuramente pode acontecer, mas o que eu gostaria de fazer seria os trabalhos em grande escala, não precisamente laterais de prédios, mas coisas grandes, e talvez isso seja questão de tempo, eu espero e acredito.

10 –Se você não fosse artista o que você gostaria de ser ? 

Queria ser  um Mc autêntico, gosto de rap, mas eu não vim pra fazer música nesse mundo, fiz poesias, mas sou feliz com o que sou, eu escolhi isso é me sinto bem com isso.

11 – Deixe um mensagem para nossos leitores.

“Um sonho e construído com muito esforço e dedicação, pintar sempre por amor, derrotas fazem parte da construção de uma grande vitória, no final tudo vai da certo.”


Mais informações sobre Amazon :

Facebook : Amazon Soares

Instagram : @amazon_urb

Graffiti

amazon mural

Amazon - streetart

Amazon graff

Amazon - mural arte grafite

Categorias
Murais
.

Relacionados por